Investimentos

Futuro do mercado imobiliário: conheça 5 principais tendências

Neste artigo, vamos apresentar as principais tendências do setor imobiliário após esse impacto inesperado causado pela pandemia do novo coronavírus. Acompanhe!
futuro do mercado imobiliário

Não é novidade que a pandemia impactou a economia na maioria dos setores e, com o mercado imobiliário, não foi diferente. Com isso, novos hábitos e formas de trabalhar surgiram junto das principais tendências que passaram a fazer parte da vida das pessoas.

Quem tem imóveis e investe no setor, ou mesmo aqueles que pretendem adquirir uma propriedade, deve se planejar para o futuro do mercado imobiliário. Acompanhar e se adaptar ao que veio depois da pandemia e às consequências e soluções que surgiram é essencial.

Neste artigo, vamos apresentar as principais tendências do setor imobiliário após esse impacto inesperado causado pela pandemia do novo coronavírus. Acompanhe!

1. Construção de imóveis em locais fora dos grandes centros

Uma forte tendência para um futuro próximo do mercado imobiliário é a construção de prédios em locais distantes dos grandes centros urbanos. A ideia é buscar lugares onde existe mais tranquilidade e muito espaço para condomínios de casas e cidades inteligentes.

As cidades inteligentes são projetadas por meio de um planejamento urbano que visa, principalmente, à qualidade de vida da população. O projeto conta com ações ambientais que incluem a presença de uma vegetação nativa e mais contato com a natureza, tudo devidamente preservado.

A segurança é também um ponto forte nas smart cities, uma vez que há câmeras de videomonitoramento nas  principais avenidas, app gratuito para monitorar a cidade etc.

Na verdade, é uma cidade funcional, em que existe uma distribuição equilibrada de comércio e serviços para atender aos moradores — ou seja, criou-se um ambiente urbano equilibrado. Isso contribui enormemente com a gestão de segurança desses locais, pois garante ruas movimentadas em todas as partes da cidade.

2. Imóveis que proporcionem conforto e qualidade de vida

O distanciamento social gerado pela pandemia provocou uma busca maior por imóveis mais espaçosos, que proporcionam mais conforto e qualidade de vida.

Isso porque, durante a quarentena, as pessoas se mantiveram dentro de casa, e a necessidade de mais infraestrutura e funcionalidade se tornou fundamental.

Essa busca por mais conforto e funcionalidade acabou se transformando em um hábito, em especial pelos que fizeram de seu lar o local de trabalho, que é o caso do home office.

Junto a isso, a tecnologia agregou comodidade, com casas inteligentes, que facilitaram bastante as tarefas rotineiras, assim como na hora do entretenimento.

3. Apartamentos e casas inteligentes

Outra tendência que surgiu após a pandemia foi a adoção da tecnologia em tudo dentro de casa, para facilitar a vida doméstica. Tal conexão, que existe entre os aparelhos, é chamada de casa inteligente — pois permite muitas funcionalidades por comandos de voz, ou mesmo por intermédio de um smartphone.

O que antes era um luxo para pessoas com melhores condições financeiras, hoje, tornou-se mais acessível. Muitas famílias já contam com essa tecnologia em casa.

4. Negociações online e visitas guiadas virtuais

A tecnologia teve uma importância enorme durante a pandemia em vários aspectos, e com a compra e venda de imóveis não foi diferente. Ela influenciou muito o futuro do mercado imobiliário pós-pandemia.

Isso engloba, principalmente, a forma de negociar, as visitas e até a compra, que passaram a ser, em grande parte, virtuais, com os variados recursos que a tecnologia disponibiliza.

5. Consciência sustentável

Uma tendência do mercado imobiliário é a preocupação com práticas ESG (sigla em inglês para Meio Ambiente, Social e Governança).

São ações e tecnologias que colocam a sustentabilidade em primeiro lugar, como reutilização da água, energia a partir de fontes limpas e muitas outras formas de garantir a preservação do planeta.

São fatores que se tornam muito decisivos na hora da compra de uma casa ou apartamento. Na verdade, essas exigências do consumidor estimulam a construção sustentável, desde o planejamento até a obra.

Como você conferiu neste conteúdo, o futuro do mercado imobiliário ganhou muitas tendências para agora e para os próximos anos. Isso se deve, principalmente, à contribuição tecnológica, que permitiu às empresas manter seus trabalhos, mesmo a distância.

Gostou deste post e busca um imóvel mais afastado de um grande centro, mas que garanta muita tranquilidade, funcionalidade e, principalmente, qualidade de vida? Entre em contato com a Planet Smart City, pois temos muitas opções para você!

Você também pode gostar
Casa Própria
Entrada Moradia Ceará. Descubra o novo programa do governo para financiar a sua casa

Muitas famílias deixam de conquistar o primeiro imóvel por conta da dificuldade de dar a entrada. Agora, com a Entrada Moradia Ceará, famílias residentes do estado poderão diminuir ou até zerar a entrada e taxas relacionadas ao financiamento como ITBI e registro de imóvel. Leia!

Investimentos
Como Avaliar o Potencial de Valorização de Um Lote

Quando se investe em um terreno em um loteamento, algumas características precisam ser levadas em consideração para garantir a reserva de valor.

Investimentos
Os 6 Erros Mais Cometidos ao Comprar um Lote

Comprar um lote é uma decisão que, além de somar ao patrimônio, é cheia de potencialidades, seja para construir a casa ideal para a sua família ou para investir em um ativo sólido e valorizável. A possibilidade de personalização, a liberdade de escolha da localização e a oportunidade de construir no seu tempo e conforme […]

Descubra o viver além de morar.
Mande uma mensagem
Descubra o viver além de morar