Casa Própria

Subsídio Casa Verde e Amarela: entenda como funciona

Para quem pretende entrar em um financiamento para a compra da casa própria, considerar o subsídio da Casa Verde e Amarela pode valer muito a pena. Na verdade, esse novo programa do Governo Federal substituiu o programa Minha Casa Minha Vida, que já garantia várias vantagens para famílias de baixa renda.
subsídio-casa-verde-e-amarela

Para quem pretende entrar em um financiamento para a compra da casa própria, considerar o subsídio da Casa Verde e Amarela pode valer muito a pena. Na verdade, esse novo programa do Governo Federal substituiu o programa Minha Casa Minha Vida, que já garantia várias vantagens para famílias de baixa renda.

Sendo assim, na reformulação, que ocorreu em 2020, foram adicionadas novas regras ao Casa Verde e Amarela, garantindo ainda mais vantagens para quem precisa usufruir de seus benefícios. O programa já entregou 1 milhão de imóveis, principalmente para famílias de baixa renda.

Neste conteúdo, você vai entender como funciona o subsídio (um benefício que é concedido pelo governo – municipal, estadual ou federal) Casa Verde e Amarela. Acompanhe e confira!

Como funciona o Programa Casa Verde e Amarela?

O Programa Casa Verde e Amarela surgiu em decorrência da necessidade de ampliar os benefícios que já existiam no Minha Casa Minha Vida. Quando foi implementado, já permitiu a inclusão de 350 mil residências a mais do que havia no projeto original. No entanto, os objetivos se mantêm os mesmos, ou seja, tem como uma de suas finalidades a regularização de ocupações clandestinas, além da diminuição das taxas de juros.

O subsídio Casa Verde e Amarela é financiado pelo Fundo De Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), tendo a Caixa Econômica como agente financeiro. O programa habitacional Casa Verde e Amarela beneficia também quem mora em áreas rurais com renda mensal de até R$ 7 mil ou anual de até R$ 84 mil.

Umas das grandes reformulações do programa MCMV se deve às faixas de renda. Após a implementação do Programa Casa Verde e Amarela, além das famílias de baixa renda, as mulheres que mantêm financeiramente as famílias, com idosos, crianças, adolescentes e pessoas com deficiência física, foram também beneficiadas.

O foco do projeto está voltado para os núcleos familiares em estado de vulnerabilidade. Sendo assim, o Ministério do Desenvolvimento constituiu três grupos para receber os benefícios do programa:

  • Grupo 1: renda familiar de até R$ 2 mil;
  • Grupo 2: renda familiar entre R$ 2 mil e R$ 4 mil;
  • Grupo 3: renda familiar entre R$ 4 mil e R$ 7 mil.

Como utilizar o subsídio Casa Verde e Amarela?

O fato é que o Programa Casa Verde e Amarela não se limita à aquisição do imóvel próprio. Ele assegura que os beneficiários da faixa 1, por exemplo, possam negociar e regularizar as suas dívidas — no programa anterior não havia essa possibilidade para o primeiro grupo.

Na renegociação das dívidas, o programa permite que as famílias tenham oportunidade de comprar imóveis de até R$ 140 mil. O objetivo é que o valor se estenda para as demais classes — além de um novo projeto de abertura de outros grupos beneficiários.

Ademais, o programa pode ser utilizado também como uma ajuda para a reforma de imóveis. Diante disso, se você tem uma casa ou apartamento e pretende reformá-lo, poderá contar com o recurso para as melhorias em sua residência. O montante pode chegar a R$ 23 mil.

Se você pretende fazer o cadastro no Casa Verde e Amarela, deverá se dirigir a uma unidade da Caixa Econômica — após ter encontrado o imóvel e este pertencer ao programa. Depois, é só seguir as recomendações e reunir os documentos necessários para a negociação.

Como você viu, contar com o subsídio da Casa Verde e Amarela pode garantir a você e à sua família tranquilidade e uma melhor qualidade de vida.

Gostou deste texto? Então assine agora mesmo a nossa newsletter para começar a receber em sua caixa de entrada todas as nossas atualizações!

Você também pode gostar
casas-funcionais
Inovação
Casas funcionais: conceito, características e vantagens

As casas funcionais têm ganhado muito espaço no mercado imobiliário por serem práticas e ajudarem a aproveitar melhor os espaços.

organizar finanças pessoais
Notícias
Como organizar finanças pessoais e realizar os seus sonhos?

Você sabe como organizar finanças pessoais para realizar seus sonhos? O bom gerenciamento dos recursos financeiros é fundamental, pois poderá proporcionar um melhor aproveitamento do dinheiro que você tem disponível, o que, consequentemente, vai te ajudar a alcançar seus objetivos.

melhores-cidades-para-morar-no-ceará
Cidade Inteligente
4 melhores cidades para morar no Ceará com a família

O fato é que alguns municípios contribuíram para esse status cearense. Mas, quais seriam as melhores cidades para morar no Ceará? Conheça agora quais são!

Descubra o viver além de morar.
Mande uma mensagem
Descubra o viver além de morar