Casa Própria

Como juntar dinheiro para comprar sua casa própria

A compra de um imóvel é, com certeza, uma das maiores decisões financeiras que tomamos na vida, então é importante que ela seja muito bem planejada.  Mas se você quer juntar dinheiro para comprar a sua casa própria e não sabe por onde começar, fica tranquilo!  No post de hoje, você vai encontrar algumas dicas […]
como-juntar-dinheiro-planet-smart-city
woman hand providing Brazilian money banknotes

A compra de um imóvel é, com certeza, uma das maiores decisões financeiras que tomamos na vida, então é importante que ela seja muito bem planejada. 

Mas se você quer juntar dinheiro para comprar a sua casa própria e não sabe por onde começar, fica tranquilo! 

No post de hoje, você vai encontrar algumas dicas importantes para economizar dinheiro e realizar o seu sonho da casa própria. 

Muitas pessoas acham que comprar um imóvel é algo só para quem têm muito dinheiro sobrando ou que é impossível ter dinheiro para financiar sua casa, mas isso é algo bastante possível de se encaixar em várias realidades e faixas de renda. 

É verdade que 90% das pessoas não têm o dinheiro na mão para comprar o imóvel à vista, então a alternativa que você que está lendo este post provavelmente tem é o financiamento. 

Neste caso, ainda assim, é preciso ter algum dinheiro para a entrada e parcelar o restante, de forma que caiba no seu bolso. É por isso que separamos algumas dicas importantes para você economizar e realizar o sonho da casa própria mais rápido. 

 

Esteja com as contas em dia 

Esse passo precisa ser cumprido por todos os envolvidos na compra do imóvel. Você precisa estar organizado e dar conta de pagar as suas contas para saber, de fato, o que você consegue pagar na sua casa própria, ou seja, se a parcela vai caber no seu orçamento. 

E aqui a dica é cortar gastos desnecessários. Separe suas contas entre os gastos essenciais, ou seja, moradia, água, luz, alimentação, saúde, educação… E os gastos administráveis, como plano de internet e celular, academia, vestuário, lazer, entre outros.

Separado dessa forma, você consegue ver o que pode reduzir ou substituir por uma alternativa mais em conta. 

Isso também vai te ajudar a observar se você consegue pagar suas despesas essenciais com sua renda familiar e administrar o que sobra para os outros gastos e guardar dinheiro para comprar a sua casa própria.

 

Materialize o seu sonho 

Uma vez que você já tomou a sua decisão de comprar o seu imóvel, é importante materializar esse sonho, e o primeiro passo é colocar tudo por escrito. Faça uma planilha ou anote em um papel itens como:

  • O tipo de casa que você procura;
  • Onde você quer morar: liste os bairros ou cidade que você busca, assim você consegue mapear os preços praticados e até dar uma volta para conhecer a região;
  • A média de preço praticado na localização que você busca: assim você pode comprar com o que você pode pagar, negociar o valor ou até encontrar algumas oportunidades com um bom preço. 

Tendo tudo isso anotado, deixe essas anotações em um lugar visível para você seguir seu planejamento e não desviar o foco! 

 

Faça um levantamento dos gastos extras 

O ato de comprar uma casa vai trazer alguns gastos extras além do financiamento em si, então fique de olho e separe uma quantia para arcar com eles e não ser pego de surpresa. 

Prepare para algumas taxas como registro, escritura e até algumas pequenas reformas que você queira incluir. 

Isso vai entrar além da mensalidade e deve estar no seu orçamento.

 

Busque ajuda 

Comprar uma casa é um grande investimento, mas além de juntar dinheiro, você também pode contar com aquela ajuda que pode te dar um empurrãozinho na hora de pagar a entrada ou no valor total. 

Por exemplo, em programas do governo como o Casa Verde e Amarela, você consegue taxas de juros bem abaixo do que é praticado pelo mercado, caso o imóvel se enquadre nas exigências do programa. 

Outra coisa bacana que pouca gente sabe é que você também consegue utilizar o seu FGTS para ajudar na entrada. E dependendo do dinheiro que você tem guardado lá, pode ajudar bastante!

 

Invista seu dinheiro

E a última dica, e talvez uma das mais importante é: se você está juntando dinheiro, invista 100% dele

Não adianta guardar dinheiro e deixá-lo parado na conta corrente ou na poupança. Fazer isso não te ajudará a chegar mais rápido no seu sonho de juntar dinheiro para comprar a sua casa própria. 

Se você tem um plano de guardar dinheiro por 3, 4 ou 5 anos, existem bons investimentos que podem te ajudar a fazer ele render mais ainda, como os títulos públicos, por exemplo, que te protegem da inflação, não deixam você perder seu poder de compra e trazem uma boa rentabilidade. 

Lembre-se que os imóveis vão se valorizando e os valores podem subir um pouco nos anos seguintes.

 

Agora que você tem essas dicas super importantes para juntar dinheiro e comprar sua casa própria, aproveite para compartilhar este artigo com as pessoas da sua família que vão economizar junto com você! 

Você também pode gostar
Investimentos
Quanto custa construir casa? Descubra neste post!

Você sabe quanto custa construir casa? Essa é uma pergunta bastante relevante, pois muitas famílias brasileiras sonham em realizar o objetivo de ter um imóvel próprio. Para isso, é preciso um bom planejamento orçamentário. Tem interesse em saber mais sobre o tema? Neste conteúdo, explicaremos sobre os custos de uma obra, quais são as principais […]

loteamento-de-terrenos
Uncategorized
Saiba como está o mercado de loteamento de terrenos no Brasil

Leia esse artigo para um melhor entendimento sobre o cenário atual e futuro, desafios e perspectivas do mercado nacional de loteamento.

Inovação
Espaços compartilhados: entenda o que são e como usar

Neste artigo, entrevistaremos Anna Borba – gestora de desenvolvimento humano e social na Planet Smart City – que nos ajudará a entender melhor o conceito dos espaços compartilhados.

Descubra o viver além de morar.
Mande uma mensagem
Descubra o viver além de morar