Investimentos

Como evitar as compras por impulso? Veja 4 dicas que podem ajudar

Sabe aquele produto com um preço atraente e que você não pensa duas vezes antes de comprar? Pois é, essas aquisições, realizadas sem pesquisa ou planejamento, motivadas por desejos momentâneos, são classificadas como compras por impulso.
compras por impulso

Sabe aquele produto com um preço atraente e que você não pensa duas vezes antes de comprar? Pois é, essas aquisições, realizadas sem pesquisa ou planejamento, motivadas por desejos momentâneos, são classificadas como compras por impulso.

É um hábito bem comum e pode trazer dívidas no cartão, impactando a sua vida financeira.

De fato, essa questão atinge muitas pessoas e pode tomar grandes proporções. Por isso, evitar o consumismo e utilizar o cartão somente quando houver necessidade já é um bom começo.

Neste artigo, relacionamos algumas dicas que podem ajudar a evitar as compras por impulso. Continue conosco e confira!

1. Faça um planejamento financeiro e controle seus gastos mensais

Para controlar a sua vida financeira, alguns hábitos devem ser esquecidos, como as compras por impulso.

Assim, planejar e manter a organização das finanças é essencial para evitar os gastos supérfluos que, muitas vezes, nos deixam endividados.

Para isso, uma boa estratégia é criar uma planilha onde é possível lançar suas receitas e despesas. Da mesma forma, você consegue visualizar todos os seus gastos fixos e separar um orçamento viável para gastos variáveis com lazer, por exemplo.

Dessa forma, você também pode definir o que deseja poupar mensalmente, se planejar para aumentar gradualmente essa reserva, assim como o que precisa gastar com aqueles produtos essenciais.

2. Pense bem antes de comprar e adote a “regra da espera”

Sabemos que existe um apelo muito forte ao consumismo, no entanto, avaliar o que realmente precisamos ou não é uma medida que deve ser sempre colocada em prática.

Lembre-se que os anunciantes fazem pressão nas vendas e resistir requer bom senso e equilíbrio.

Existe uma forma de controlar esse impulso, que consiste em estipular um tempo antes de comprar qualquer item.

Pode ser de 30 minutos, uma hora ou mais, mas não compre antes de refletir algumas vezes. Imagine que o dinheiro que seria gasto nesse supérfluo pode ser utilizado para a criação de uma reserva de emergência, por exemplo.

Se após esse tempo — no qual sejam feitas algumas análises — você julgar que a compra pode ser realizada e que se encaixa no seu orçamento, faça sua aquisição sem culpa.

3. Evite comprar diante de desafios emocionais

A ansiedade e o estresse, entre outras questões emocionais, são fatores que colaboram para a compra por impulso. Ou seja, diante de uma instabilidade psicológica, comprar pode ser uma válvula de escape.

Em vez disso, junte dinheiro sempre que pensar em comprar algo sem necessidade.

Evite fazer compras nessas situações e procure observar tais momentos. Isso impedirá que você tome decisões sem pensar, evitando consequências negativas e dívidas que podem se tornar facilmente uma bola de neve.

4. Pense bem antes de usar o cartão de crédito

A todo momento, somos atraídos por promoções e propagandas dos mais variados produtos.

Dessa forma, muitas vezes, fica difícil resistir a alguns itens dos quais gostamos. Assim, pensar bem antes de sair com o cartão de crédito é uma garantia de gastos desnecessários.

Uma dica é estabelecer um teto de gastos mensal para gastar no cartão, incluindo contas fixas, como planos de assinatura mensal e parcelamentos. Encare esse teto como o seu limite e não o ultrapasse. Assim você evita faturas altas que podem atrapalhar outras contas no mês.

Sempre que tiver atração por uma dessas promoções “imperdíveis”, confira o valor da sua fatura para o mês seguinte e avalie se realmente vale a pena furar o seu teto de gastos. Um consumidor consciente não cai em armadilhas do consumismo.

Como você conferiu neste conteúdo, compras por impulso podem refletir negativamente na sua vida financeira. Planejar, organizar-se e pensar muito são medidas que podem garantir uma reserva financeira e, dessa forma, aquisições mais relevantes.

Se você gostou deste post, deixe seu comentário e suas dicas para evitar as compras por impulso!

Você também pode gostar
Cidade Inteligente
O que é um Loteamento e Quais as Vantagens de Investir Nesses Imóveis

Uma das maiores dúvidas de quem quer investir em terreno é o que é um loteamento e sua diferença entre condomínio. neste artigo, desmembramos o que é um loteamento e as vantagens de investir nesse tipo de imóvel. Leia!

Casa Própria
Entrada Moradia Ceará. Descubra o novo programa do governo para financiar a sua casa

Muitas famílias deixam de conquistar o primeiro imóvel por conta da dificuldade de dar a entrada. Agora, com a Entrada Moradia Ceará, famílias residentes do estado poderão diminuir ou até zerar a entrada e taxas relacionadas ao financiamento como ITBI e registro de imóvel. Leia!

Investimentos
Como Avaliar o Potencial de Valorização de Um Lote

Quando se investe em um terreno em um loteamento, algumas características precisam ser levadas em consideração para garantir a reserva de valor.

Descubra o viver além de morar.
Mande uma mensagem
Descubra o viver além de morar