Finanças

Organização financeira do lar: 7 dicas para você fazer a sua!

Separamos as principais dicas para organizar a vida financeira da sua família e realizar seus objetivos a curto, médio e longo prazo. Confira!
organização financeira do lar

Fazer a organização financeira do lar é uma tarefa importante para qualquer família. Porém, muitas vezes é complicado manter essa organização e, consequentemente, controlar o orçamento. 

Para descomplicar, é importante fazer o planejamento de maneira inteligente e estruturada, para que você consiga pagar as contas, investir o seu dinheiro e ainda sobrar para realizar seus objetivos financeiros.   

E ao contrário do que parece, fazer a organização financeira do lar não depende de ter um amplo conhecimento em finanças. Para te ajudar, selecionamos algumas dicas que vão te ajudar a manter as finanças do seu lar em ordem. Confira! 

O que é a organização financeira do lar?  

Quando falamos de organização financeira do lar, muitas pessoas pensam que é só guardar dinheiro, mas não é apenas isso.  

É simplesmente gerenciar as finanças do seu lar, de forma a categorizar as receitas, ou seja, todo o dinheiro que entra na sua casa, e as despesas, isto é, o dinheiro que sai.  

Além disso, também é importante que você gerencie os seus ganhos e gastos de forma eficaz para conseguir cumprir os compromissos financeiros e também ter uma reserva de emergência para possíveis imprevistos.  

A seguir você vai entender melhor como fazer essa organização. 

Como fazer a organização financeira do lar?  

Essa é uma dúvida que a maioria das famílias têm. O primeiro passo é envolver todas as pessoas que moram na residência. Abaixo você confere as 7 dicas que preparamos.  

1. Faça um planejamento financeiro 

O primeiro passo para organizar as finanças de casa é ter um planejamento financeiro. É importante que todos os membros da família estejam cientes de como funcionam as finanças e como elas devem ser administradas. 

Com um planejamento financeiro, será possível garantir o bem-estar da família e possibilitar a construção dos sonhos a curto, médio e longo prazo. A dica principal aqui é colocar tudo que é gasto pelos membros da família na ponta do lápis e o que será feito para realizar os projetos.  

2. Estabeleça um orçamento 

Após fazer o planejamento financeiro, é necessário estabelecer um orçamento. Isso significa que você deve definir um limite de gastos para cada item e acompanhar se ele está sendo cumprido. 

Com o orçamento, você conseguirá identificar facilmente o que é exagero e quanto está sendo gasto com lazer, supermercado, transporte etc. Dessa forma, ficará mais fácil fazer o controle e definir o que realmente é prioridade.   

3. Estabeleça metas de poupança 

Além de estabelecer um orçamento, é importante definir metas de poupança dentro da organização financeira do lar. Essas metas vão te ajudar a economizar para objetivos específicos, como uma viagem, um carro novo ou a compra de um imóvel. 

Lembre-se que essa meta não deve ser feita apenas com o dinheiro que sobra no fim do mês. É preciso torná-la um objetivo para que você consiga fazer a poupança. 

Uma dica é separar esse valor em uma conta diferente da conta que você usa para os gastos do dia a dia.  

4. Controle os gastos 

Também é muito importante que os gastos sejam controlados. Para isso, é necessário registrar tudo o que é gasto e comparar com o orçamento estabelecido. Assim, é possível identificar os gastos desnecessários e tomar providências para diminuí-los. 

Comece essa lista com os gastos essenciais que não podem ser cortados, como energia, água e aluguel. Depois, veja os gastos variáveis, como roupas e gastos com delivery.  

E claro: não é preciso que sua família se prive das atividades de fins de semana e que dão prazer. Afinal, ninguém trabalha apenas para pagar contas, concorda? O segredo aqui é apenas encontrar o equilíbrio.   

5. Faça compras inteligentes 

É importante fazer compras inteligentes para aproveitar os melhores preços e evitar desperdícios. Compare preços e qualidade antes de comprar qualquer produto. 

Além disso, você também pode verificar qual supermercado é mais barato, quais dias das promoções de carnes, frutas e verduras etc. Dessa forma, você consegue realizar compras inteligentes e poupar para outras atividades.  

6. Invista 

Investir é uma ótima maneira de aumentar os recursos da família. Essa é uma etapa que deve ser realizada após todas as outras terem sido colocadas em prática. Você pode começar investindo na poupança, como já falamos anteriormente, e depois procurar outros investimentos, como Tesouro Direto ou investir em lotes.  

É importante que todos os membros da família estejam cientes dos riscos envolvidos nesse tipo de atividade. Por isso, antes de dar esse passo, procure entender mais sobre investimentos e veja qual o que melhor se encaixa para a sua família. 

E se você não deseja arriscar, os investimentos que citamos anteriormente são os mais seguros para que você invista sem correr o risco de perder dinheiro.   

7. Desenvolva hábitos financeiros saudáveis 

Aprenda a lidar com suas finanças de forma responsável. Desenvolva hábitos financeiros saudáveis, como pagar contas em dia, economizar dinheiro e fazer compras conscientes. 

Se a sua família está com a organização financeira do lar no vermelho, esses hábitos não serão desenvolvidos da noite para o dia. Mas, é importante começar e criar consciência para que esses hábitos sejam desenvolvidos por todos da família. 

Conseguiu entender a importância de fazer a organização financeira do lar? Então, comece a colocar as 7 dicas em prática hoje mesmo para que você tenha uma vida financeira mais tranquila e ainda consiga tirar aqueles sonhos do papel, combinado?

Você também pode gostar
Investimentos
Como Avaliar o Potencial de Valorização de Um Lote

Quando se investe em um terreno em um loteamento, algumas características precisam ser levadas em consideração para garantir a reserva de valor.

Investimentos
Os 6 Erros Mais Cometidos ao Comprar um Lote

Comprar um lote é uma decisão que, além de somar ao patrimônio, é cheia de potencialidades, seja para construir a casa ideal para a sua família ou para investir em um ativo sólido e valorizável. A possibilidade de personalização, a liberdade de escolha da localização e a oportunidade de construir no seu tempo e conforme […]

Cidade Inteligente
7 Ações Para Aumentar Seu Patrimônio Financeiro

Ter uma vida financeira organizada é uma prática que pode trazer mais qualidade de vida, segurança e tranquilidade para a família, no entanto, fazer isso é um desafio para a maioria das pessoas. Primeiro de tudo, é necessário ter bastante disciplina, objetivos bem definidos para aquele dinheiro e planejamento de como fazer. Mas, claro, isso […]

Descubra o viver além de morar.
Mande uma mensagem
Descubra o viver além de morar